Estrutura Metálica: Peças Soldadas ou Aparafusadas?

As ligações em peças metálicas têm como função transmitir as cargas atuantes de uma parte da estrutura para outra. Desa forma é garantida a segurança sem ultrapassar os limites de deformação admissíveis. Assim fica a pergunta, Estrutura Metálica: Peças Soldadas ou Aparafusadas?

A escolha do tipo de ligação a ser empregado em uma execução de estrutura metálica deve ser feita com atenção e cuidado, pois a escolha errônea do tipo de ligação pode resultar em uma obra mais cara e mais complicada de se executar. Devido a isso, no momento de escolha devem-se levar em consideração alguns aspectos como: local de montagem da estrutura, infraestrutura disponível para a realização destas ligações, grau de dificuldade de fabricação e montagem da peça, etc.

Peças Soldadas ou Aparafusadas
  • 1- Ligações Soldadas

ligações soldadas
solda
Arco Submerso

As ligações soldadas são mais simples e leves devendo, preferencialmente serem executadas em fábricas. Consequentemente são utilizadas para a união de materiais com geometrias complexas e/ou que necessitem de perfeita continuidade entre os elementos. 

Quando as soldas não forem possíveis serem feitas na fábrica, devem possuir maior controle e cuidado no momento de execução. Assim evitando problemas na soldagem que podem como consequência resultar em falta de alinhamento e até em fragilização da estrutura. Nas soldas realizadas em campo devem-se ter à disposição um local apropriado, andaimes, maquinário profissional, materiais de proteção  e abrigo contra vento e chuva.

Na montagem de estruturas metálicas as soldas são feitas por fusão, ou seja, as peças que serão unidas são aquecidas até o ponto em que começam a se fundir. Assim a união das mesmas se dá diretamente ou acrescentando um material entre elas. 

Finalmente, os processos de soldagem mais empregados na construção civil são:

  • Solda a Arco Elétrico, que pode ser manual ou com eletrodo revestido e automática;
  • Solda a Arco Submerso, Na soldagem por arco submerso um arco é formado entre a peça e o final do consumível. Assim ambos estão cobertos por uma camada de fluxo granular (daí o nome arco submerso).
  • 2- Ligações Aparafusadas

Ligação aparafusada

Enquanto nas ligações soldadas o ideal é ser feito em sua maioria na indústria, esse tipo de ligação tem sua aplicação restrita às ligações de campo. Consequentemente essas ligações tem o custo mais elevado e devido a isso são mais complexas, pois dependem de furos nas peças. 

Além disso, nas ligações parafusadas em estruturas metálicas os parafusos têm suas dimensões medidas em polegadas e possuem cabeça sextavada e são empregados três tipos principais de parafusos:

Parafusos comuns: São para ligações com menor importância estrutural e em estruturas leves, como guarda-corpos, corrimãos etc;

Parafusos usinados: Estes têm custo mais elevado e são empregados em estruturas sujeitas a cargas dinâmicas;

Parafusos de alta resistência: Assim como o próprio nome já diz, estes parafusos possuem elevada resistência. Consequentemente sendo utilizados em peças de grande importância estrutural sujeitas a cargas estáticas e dinâmicas, resistindo aos esforços de cisalhamento.

Estamos a sua disposição
Orçamentos sem Compromisso

Entre em contato
1
Olá!
Somos da Metalrio Estruturas Metálicas, clique novamente no icone para conversarmos agora!
Powered by